domingo, 26 de junho de 2016

México, onde é "São João" o ano Todo


Oii meus amores! 
Olha, a verdade é que falar de São João pra mim, chega até me dá uns brilho nus olhinhos... eu  a m o muito essa época do ano, sempre foi meu xodó, por suas comilanças, músicas, extravagâncias e toda alegria envolvida! (tem meu aniversário tb rs FIKADIKA).  

De uns anos pra cá, comecei a fazer umas associações, quando vejo um ambiente decorado nesta época do ano, todo bonitinho pras festas de São João, Junina, Julinha, de quadrilha ou como vocês queiram chamar, eu percebo que muitos dos elementos da composição, como um todo, poderiam ser transferidos para uma festa com tema mexicano.
Não entendeu? OK, calma que a gente explica miór, né não?!  
Vamos por partes.



 D E  C O R A Ç Ã O  

Bandeirolas, balões de papel, tecidos coloridíssimos, fitas e objetos de palha são parte do que é considerado essencial para um ambiente de Arraiá, não é? 
Pois bem, é só pesquisar "Cultura Mexicana" no Google que vocês vão perceber que no México não existe isso de "Menos é Mais", pelo contrário, o país estampa a lei do "Mais é Mais", e isso é evidente em suas ruas, casas, festas e até nos cemitérios. Seu povo tem o costume pleno de cores e elementos em demasia, assim como nós em uma Festa Junina.   

         



T R A J E S   

É possível vermos volumes, rendas, xadrez, fitas, emaranhado de cores vibrantes nos trajes típicos juninos e exatamente da mesma forma, nos trajes típicos mexicanos. Assim como os penteados nos cabelos: tranças e amarrados com fitas e flores. Chapéus de palha também são comuns. 
Sem contar que os rapazes nas comemorações do meio do ano, costumam forjar um bigodón, que né?! Não precisa nem falar nada rs Qualquer semelhança é mera coincidência!

 




C O M I D I N H A S 

Para os amantes de milhos e seus "derivados" assim como eu, as festas de São João são um paraíso! Afinal, convenhamos, as festas juninas são um culto ao milho, é pamonha, curau, bolo de milho, milho cozido, canjica, pipoca... AI SANTO DEUS que DELÍCIA! Temos outras coisinhas no cardápio, mas, o milho é quem comanda toda bagaça e é ainda, o que aproxima mais uma vez a cultura do México a nossa tradição Junina. 


“México, mais que nenhum outro país do Novo 

Mundo, é a terra do Milho."

O Milho no México, 1946

Edgar Anderson (1897-1969) Investigador estado-unidense do milho.




O milho é quase sagrado para os mexicanos, é a base de sua alimentação. Foi deixado de herança pelos povos pré-hipânicos, que iniciaram a domesticação do mesmo, atribuindo ao milho o desenvolvimento do homem mesoamericano. 
De milho é feito a tortilla, indispensável em suas mesas. 
Na imagem a cima, temos um "tamal", que é praticamente igual as nossas pamonhas.


 R I T M O S

Em uma festa que se preze, música é primordial, não acha?! Em nossos Arraiás Caipiras, as cancões que ouvimos, segundos meu orvidosssssss, podem nos lembrar os ritmos "norteños", do interior de lá, e ainda, algumas músicas de banda pois o estilo tem toda essa pegada rural. 





Sem contar que as histórias nas quadrilhas parecem sempre um dramalhão de novela mexicana HAHAHA AMO
E então?! Não lembra mesmo uma eterna comemoração de São João? O que acharam? hehe
Ai ai, meu coração é das duas e não se fala mais nisso! 
Mas, e vocês, curtem também essa época? Me contem nos comentários! <3 QUERO SABER!

Vaaaaaaaaaamooooooooos aproveitar as comemorações, eim!! ABRAZOTE QUENTINHO IGUAL QUENTÃO, muchachos! 

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Rio Cultural

#PorOndeAndamos
#MAISUM
#Saudades #trilhas

 Onde? Teatro Oi Casa Grande
Valor: 50 - 200
Teatro Musical - INTERESSANTE 

O espetáculo tem um propósito muito interessante. O fato de ser um musical composto apenas por músicas conhecidas do sertanejo é o seu diferencial. Chamou muito a minha atenção quando vi o anúncio na internet, comprei o ingresso na hora e para aquela mesma semana: fiquei empolgada e cheia de expectativas. Eu estava com saudades dos meus pais e sentia que ele poderia me fazer "estar" mais próxima dos mesmos. 

Mal tinha iniciado o espetáculo e eu já chorava igual uma criança, realmente estava emocionada. Mas, depois comecei a ficar incomodada, parecia que a peça não fluía, não acontecia, tudo era estável e lento. O que me foi apresentado de uma maneira geral, é uma série de diálogos soltos, com os atores cantando, de certa forma, desafinados, com energia baixa (igual uma pessoa desanimada, sabe? Corpo e voz sem vida?! Então...) 
A distribuição no palco em muitas cenas era desequilibrada, são poucas pessoas em um palco enorme, parece que estão perdidas e ainda, sem sincronia. O cenário é pobre e sem vida, HELLO, estamos falando de um musical, não de uma peça laboratorial baseada em Grotowski! CADÊ A GRANDIOSIDADE? Sim, o tema era rural, rústico, mas, isso não impede nada, PODE CAPRICHAR, camarada, que isso que vocês tem usado parece a faixa que a Tia Deisi usou no teatro da segunda série. 
Mas, enfim, eu diria que é um espetáculo que ainda precisa ser lapidado, que tem um bom projeto, aliás, um ótimo projeto, que é homenagear clássicos do sertanejo, mas, que ainda faltam ensaios e ajustes para que o público possa desfrutar plenamente, pois cria muitas expectativas e não as supre.     




 Onde? CAIXA CULTURAL
Valor: Gratuito
Exposição - MUITO INTERESSANTE

World Press Photo, é uma organização formada em 1955 em Amsterdã, conhecida por reunir anualmente a maior e mais prestigiada exposição de fotografias jornalísticas.
Uma exposição com preciosidades, que busca promover conhecimento sobre o que acontece no mundo através do fotojornalismo de qualidade. Vale a pena conferir a exposição deste ano, sei que é suspeito o que vou dizer, mas, pra mim, os registros mais interessantes foram dois: um do Brasil e outro (que é a imagem a cima, dos mergulhadores) do México. 

* No RJ a exposição encerra no dia 19/06.
  

Onde? Parque dos Patins
Valor: Gratuito
AÇÃO - MUITO BOM

Não é segredo pra ninguém minha paixão por pedalar, por isso assim que me "foi sugerido" o evento CINEPEDAL, já anotei na agenda pra marcar presença!
Achei incrível isso de gerar energia pedalando... energia a base de pedaladas! Imagina só que show: você pedala enquanto vê o filme, mas, só enquanto pedala: parou a bike, parou o filme! haha 
Uns dias depois, desisti de ir no evento, desanimei total quando tive minha bike furtada (filhus di uma égua, logo minha bike =[)
Quando chegou o tal final de semana, que estava previsto, fui pra caixa cultural ver uns filiminhos no lugar pra não ficar depre em casa lembrando com saudades da minha parceira. MAS, A PESSOA NUM SE AGUENTA... Comecei a pensar que era um evento que não acontece sempre, *será que eu vou perder mesmo?!* E SIM, de última hora, resolvi ir. Do jeito que eu tava (de vestido e chinelinho, pra ser mais específica) fui. Não dava tempo de voltar em casa me trocar!
AH, mas, ainda beeem que eu fui! Foi tão legal e divertido: amei, nem a roupa inadequada atrapalhou!
(só dispensava umas monitoras que ficavam gritando no meu ouvido como se eu fosse cega e não estive vendo os níveis da energia, mas ok).

* A ação está correndo o país: super indico!



 Onde? Theatro NET RIO
Valor: 50 - 150
Teatro Musical - MUITO INTERESSANTE

Muito Interessante nada, eu quis dizer: humilhante, tapa na cara da sociedade, coisa mais linda, super bem feito, inveja da atriz (canta muuuuiito), ESMAGADORA, entre outras opções.
Eu já achava o texto muito bom, a montagem fica no mesmo patamar, pra mais!
QUE FOI? Não vou contar mais não, vão ver: VALE MUITO A PENA! 

* Em cartaz 

sexta-feira, 10 de junho de 2016

SCORPIONS em São Paulo (2012)

E AEEE GAREREEES!?
Olha só, essa semana fiquei sabendo que viria ao BRASIL, nada mais nada menos que a banda SCORPIONS. QUASE tive um troço, sim ou com certeza?! Adivinhem rs E é muito mais obvio, que logo em seguida, sai igual uma desesperada pra obter meus preciosos tickets pro show no Rio... Claramente eu não são obrigada e não perderia essa por nada!

EM RAZÃO DISSO, tive uma ideia hehe BRILHANTE, eu diria kkk 
Enquanto aguardamos o show em setembro, bora trazer pra cá o relato da última vez que o SCORPIONS esteve no país, em 2012, tecnicamente com uma tour de despedida (sei rs)! CLARO! hehe 


#eLÁvamosNÓS



Na época, fiquei sabendo do show pouquíssimo tempo antes da data, acho que era menos de um mês: fiquei enlouquecida! Ainda mais que vi "TURNÊ DE DESPEDIDA"! Na mesma hora, comecei a organizar tudo pra ir pra São Paulo, comprei passagens, ingresso e por sorte, uns amigos meus da facul estariam por lá bem na semana da apresentação... o que facilitou minha vida.
Mas, não pense que as coisas eram tão fáceis assim... ERA NADA! Eu era mais nova, nunca tinha ido sozinha pra São Paulo (aliás, nunca tinha ido pra São Paulo capital rs), resultado: tive que omitir algumas informações dos meus pais pra eles ficarem mais tranquilos. 
[ Hoje, eles sabem da verdade, (CONTEI TUDO MESMO, MÃE, garanto) que eu fui sozinha etcetcetc PQ NÉ, sou assim, depois que passa e dá tudo certo eu abro o jogo hehe Quando contei, minha mãe ficou puta rs Meu pai fez uma de que "até parece que eu não sabia, baby" ]. 



Eu cresci ouvindo rádio, sempre ouvia os programas retros e amava, mas, Scorpions foi uma das primeiras bandas de rock'n roll que deveras eu abracei e me apaixonei. 
Outra coisa em que sempre fui fissurada foi por shows, apresentações ao vivo e como eu morava em uma cidade do interior do interior do Paraná, não podia viajar sozinha, imaginem a vontade como ficava... muito maior! Era tipo algo muito distante! Então, agora que posso ir, é algo que realmente me deixa tremendamente feliz! 



Matthias, pago pau demaixxxxxxx 

QUANDO CHEGUEI EM SÃO PAULO, fui de metro encontrar meus amigos, nunca tinha andado de metrô na vida! Pensa só, a caipira em SP, sozinha no metro com uma mochilona cheia de roupas, fazendo cara de quem conhecia tudo aquilo como a palma da mão hahah MEU POVO, é o que eu sempre digo, a gente tem que meter a cara... tem coisas que não podemos esperar dos outros, nós temos que fazer por nós mesmos! "Se faltar coragem, vai sem coragem mesmo!" 

Eu me lembro que era outubro e fazia um frio, mas, um frioooooo que, my god! Eu cheguei na city pela manhã e o show seria de noche, mas, é claro que eu já queria praticamente ir direto pro local do show pq a pessoa tem uma atração por grade que NOSSA! Ainda mais que o meu setor era VIP e não PREMIUM ¬¬ Queria ficar o mais próximo possível! (Dessa vez vou de PREMIUM pq mereço, SÓ ACHO, APENAS!) 


 O tão esperado show seria no antigo Credicard Hall e eu estava aflita, depois de chegar e permanecer por horas na fila esperando pra entrar, finalmente abriram os portões: UAL! NOSSA! SENHOR! SOCORRO! Fiquei abismada pois o espaço era bem intimista e poderíamos todos vê-los bem de pertinho.  


Como vocês podem observar, em 2012 eu tinha as unhas beeem maiores do que hoje, sim eu era mais cuidadosa haha até pintar em baixo eu pintava! Dá até pra ver nessa foto, tava pretinha...
Vocês vão ver também, que meu cabelo era mais curto (A R R A M, SÉRIO! kk) e escuro (não sei como... eu nunca tinha feito nada nele até esses dias....)
Rudolf e Klaus <3






NO SHOW,

Eu chorava feito um bebe! Emocionada por muuuuitos motivos, suspirava realizada e satisfeita: a loucura tava valendo muito a pena! 
Só de lembrar aqui, meu rosto fica com um sorrisinho bobo, os olhos ficam brilhandinho... Igual uma tonta. Igual quando a gente tá apaixonado (a diferença é que em um dos casos a felicidade permanece e não vira raiva q)




Me lembro bem de ficar chocada com a energia toda do Kottak: não esperava tanta vibra ! Ele subia na bateria, fazia umas acrobacias, coisa de louco, tchê! Deixa muito moleque na chinelaaa!


Pra quem tinha uma camerazinha digital meia boca, que hoje não é nadaaaaaaaaaaaaa, até que ficaram legais as fotos, não é não?! hehe BENDITA Câmera <3 Tenho até uns vídeos salvos, mas, daí já é pedir demais rs




Registro ao fim do show.

 Acabada, pulei e chorei o show inteeeeeiro. Descabelada, toda borrocada, mas, infinitamente feliz! #fuckYeah #daUMdesconto #PRONTA #pra #mais #MUITOS
Essa camisa, eu comprei pra minha irmã que também desejava muito ter ido.. (só que né...um baby que mora na Bahia...) 
Comprei uma igual pra mim e lembro que usamos juntas, tipo gêmeas, algumas vezes haha ADOROO


Enfim,
MAL VEJO A HORA DE REENCONTRÁ-LOS ... Aguardemos!
Los adoro muchíssimo!


.-.-.-.-.-.

 After show - 3 days en San Pablo
Kamis e Micoskóvski 
Dia de compriiinhas! Garimpando a Augusta e Oscar Freire
(na Oscar Freire só passeamos mesmo haha pqqq né, num tá fácil)


CULTURAL DAY
Gabis Avatar (olha essa altura, man), Kamis sem cabelo e João Genérico no museu Paulista.
Fotógrafo cortô nossos pés, parabéns...........


deem tchauzinho, chicos!


BESOTE povo!


terça-feira, 7 de junho de 2016

Rio Cultural

Onde? CAIXA CULTURAL



Valor: Gratuito
Exposição -  I n t e r e s s a n t e

Aquilo que nos une: pode ser a dor, a felicidade, os desejos. Aquilo que nos une é tudo aquilo que não nos é estranho, que é típico da humanidade. As cicatrizes, por exemplo, independentemente da origem, são marcas que não nos escapam: alguns mais perfurados que os outros, mas, ilesos, não existem, nem as rochas. 
As obras desta exposição são uma junção de inúmero "aquilos que unem".

* Aberta até 19/06/2016




Valor: Gratuito
Exposição - I n t e r e s s a n t e 

Sobre os entrelaçamentos afetivos que caracterizam a vida humana.
Quase um "aquilo que nos une", outra vez. O "nó" aqui, é uma força-forma de amarração, é a primeira pessoa do plural, expoente da vida em comunidade. "Nós", nosotros, unidos aos "nós" vínculos criados.
  
 * A exposição encerrou dia 08/05




Valor: R$ 20
Teatro -  M U I T O   I N T E R E S S A N T E !

Uma simplicidade riquíssima, dois atores, dois amigos: o pato e galo. Um processo que une poesia dentro do universo de um galinheiro. O resultado é sensacional, muito, muuito, bonito! A Amarelo Cia, que surgiu dentro da Escola de Arte Dramática da USP, usa de manobras circenses, figuras acrobáticas, cantigas, brincadeiras infantis, de improvisação e participação do público em seu espetáculo "Na Granja". 
De forma sutil, como quem vai ganhando espaço aos poucos, traz à cena o tema do suicídio animal, mas, sem que isso se torne um incômodo aos que assistem. Porque ao fim, o sentimento que nos consome é o das pequenas felicidades, o prazer existente no singelo e pequenino. RECOMENDADICÍSSÍSSIMO!  

* Temporada encerrada na Caixa Cultural RJ

sábado, 28 de maio de 2016

PEDIDINHO

ATENÇÃO MEU POVO! PRECISO DA AJUDA DE VOCÊS: Por favor, cliquem nesse link http://www.estrella.com.br/hotsite/votacao/?enquete=140
e votem na foto "Kamila Favero" 
 
PORFIS. Ándale, nunca ti pidy nadaaaaaaaa!

Eu estou participando de um concurso: A votação é somente hoje e amanhã! BEIJOS


VOTEN POR MI, amigos latinos: "KAMILA FAVERO". besote!




quinta-feira, 26 de maio de 2016

Centro Cultural Parque das Ruínas, Santa Tereza - RJ

Feriado prolongado, preguiça de escrever gente. sérião.
APESAR DE QUE é tão lindo que nem tem como descrever bem rs

Vou soltar as images do passeio e vocês soltam a imaginação rs COMBINADO?
Eu também amo vocês, não me matem!

(Julgar pooode! sqn kkk)









Acompanhe a programação do Parque AQUI